Não restam dúvidas de que os smartphones trouxeram inúmeros benefícios para as nossas vidas, facilitando a comunicação, transporte, realizações bancárias e muito mais. Mas também é certo que o seu uso excessivo e desprotegido apresenta algumas ameaças, principalmente para as crianças.

Hoje em dia, as crianças têm tido acesso à internet ainda bem novos, isso porque muitos pais utilizam essa ferramenta como forma de distração e desenvolvimento. Uma pesquisa do Mobile Time* indicou que 85% das crianças brasileiras de 0 a 12 anos acessam o smartphone dos pais;  dentro da faixa de 10 a 12 anos, 72% já têm seu próprio smartphone.

Entretanto, apesar de ser verdade que no smartphone se tem acesso a muitos jogos e vídeos educativos, o uso precoce também pode desencadear alguns problemas, como o vício em internet, que faz com que a criança perca o interesse em outras atividades importantes para o seu desenvolvimento, como a interação com amigos e familiares. Além disso, quanto mais liberdade ela tem para usar a internet, mais exposta estará a situações de perigo, como conteúdos impróprios e abordagens de estranhos, principalmente se ela tiver acesso às redes sociais e aplicativos de conversas.

Então fica a pergunta: qual seria a melhor solução para este caso? Excluir de vez o smartphone da vida das crianças não é a melhor resposta, pois ela poderá se sentir excluída entre os amigos e também perderá algumas ferramentas que são vantajosas para a sua educação. Por isso, o ideal mesmo é encontrar um equilíbrio, deixando os benefícios e afastando os perigos.

O aplicativo Família by Hero foi criado pensando justamente nisso. Com ele você consegue definir os melhores horários e conteúdo para seus filhos usarem a internet, deixando para ele apenas o melhor da Internet. Experimente agora e tenha a sua tranquilidade e proteção dos seus filhos garantidas.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Crianças e smartphones no Brasil – Outubro de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Coloque seu nome aqui